oi

oi
COTIDIANO

OI

OI
GEEK

oi

oi
Viagens

Desabafo de uma Sedentária em crise.

Ontem o dia amanheceu mais triste no interior de São Paulo. Um jovem de 25 anos, amigo, filho, irmão, faleceu. O choque foi grande e o motivo extremamente triste: infarto. Ele estava em uma luta constante contra  o excesso de peso, e aos poucos estava vencendo. Mas infelizmente o futuro não deixou ele continuar essa briga, e levou ele pra brilhar no céu.

Em meio a toda essa tristeza, muita coisa passou pela minha cabeça. E quando eu entrei no face e em alguns blogs, encontrei vários textos com o tema "ame-se do jeito que é" , "Não aceite os padrões impostos pela sociedade" .
Eu entendo e até apoio vários desses projetos, mas até que ponto as pessoas não se confundem com isso? Até que ponto essa ideia, não atropela o que realmente é bom para o seu corpo? E eu não digo que você precisa virar umas pessoa fitness, mas todo mundo precisa entender o que ta acontecendo com o seu próprio corpo, e quais os limites dele. E que amar o seu corpo, é entender que ele também precisa de cuidados e mucho amor. 

Eu estou alguns muitos quilos acima do peso, e tinha decidido emagrecer ( to decidida), mas pelo simples motivo de que eu queria um corpo bonitão. Hoje decidi pensar diferente, a rotina do meu dia-a-dia daqui um tempo vai ser muito corrida, e mais do que qualquer coisa o corpo precisa estar pronto pra aguentar esses dias que estão chegando. 

Eu não vim aqui porque acho que todo mundo precisa emagrecer, pelo contrário, tem gente que tem a sorte de ter um corpo mais cheinho e ser totalmente saudável daquela forma. Mas antes de pensar "estou acima do peso, mas não estou nem aí para o que os outros acham" procure um nutricionista, alguém experiente, faça os exames rotineiros, e se depois de tudo isso te disserem que você esta realmente bem com o peso atual, abrace o mundo e vá ser feliz.

Mas caso contrário, entenda os riscos que você pode estar correndo, quais as medidas que precisam ser tomadas e quem sabe com algumas pequenas mudanças de hábito tragam melhorias de uma forma que você nem esperava.
Talvez eu nunca consiga ignorar meu amor por junk food, mas talvez eu consiga aumentar meu amor por coisas que eu gosto e que são saudáveis. Tentar criar uma balancinha hehe



"Aceitação não significa desistir. Significa se mexer para prestar atenção nas coisas mais importantes e naquelas coisas que você tem poder de mudar. Quando as pessoas odeiam seu corpo, fazem piores escolhas de saúde", resume a nutricionista Linda Bacon. Antes de querer mudar de peso, é preciso entender seu corpo. 
Super Interessante


Foi só um desabafo de quem nunca se esforçou muito pra ser saudável, mas que tomou um acorda pra vida e quer muito mudar.

21 comentários

  1. Muito verdade o seu texto. As pessoas realmente confundem saúde com estética, e devem mesmo prestar atenção na própria saúde!
    ;**

    Red Behavior

    ResponderExcluir
  2. Concordo plenamente com você! Acredito que devemos nos amar e não ficar tristes se não atingimos os padrões que algumas pessoas acham ser o ideal, mas também não podemos colocar nossa vida e nossa saúde em risco.
    Ótimo texto!

    A Canção do Silêncio

    ResponderExcluir
  3. Gostei demais desse texto Cíntia. Verdadeiro e muito esclarecedor. Vc tem toda razão, eu sou uma das pessoas que preciso levar esse acorda pra vida e venho tentando vencer meu inconsciente que não liga para isso. Um beijo!

    Eu.Nomadiando

    ResponderExcluir
  4. Poxa, sinto muito pela sua perda.
    Eu concordo com o seu texto, eu estou acima do peso, mas estou sempre fazendo exames e todos eles estão ótimos, faço exercícios regularmente e tenho uma alimentação saudável, acho que isso é o que é importante.
    Beijos

    Bluebell Bee

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu problema são esses exercícios que eu nunca faço =(

      Excluir
  5. Oi, Cíntia!

    Concordo com tudo o que você escreveu! Também acho que temos que cuidar do nosso corpo, perceber os sinais que ele dá...

    Abraços, Cris

    ResponderExcluir
  6. Você está certíssima! Não tem problema ser gordinha, contanto que você esteja saudável, afinal, é isso que importa! Caso contrário, vá cuidar do seu corpo, de VOCÊ. Não é sair por aí ligando o f*da-se, se você se ama, você tem que cuidar de você. Vivo falando isso... Não tem que querer emagrecer, tem que querer estar saudável e bem consigo mesma =)
    http://laemjupiter.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Cuidar do corpo é diferente de "aceitar do jeito que vc é"..
    Eu concordo que vc não deve seguir um padrão e levar em consideração apenas a estética.. Apelar pra meios que muitas vezes são desnecessários.
    Mas saber o que come, como tratar o seu corpo e a sua saúde.. é uma deve de todos =(
    Sinto muito pela perda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esses apelos as vezes tem conseguencias terriveis =(

      Excluir
  8. Sinto muito!
    Até pessoas magras precisam disso né? O que importa não é uma barriga definida os pernas grossas e sim a saúde (mental também)

    Novembro Inconstante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom seria ter os dois né. Mas nao ta facil!

      Excluir
  9. Nossa, Cíntia, em primeiro lugar, meus pêsames. Acho que essa é uma questão realmente delicada, porque porque a saúde é a coisa mais importante, já que sem ela você não é nada. Então é preciso se amar, se aceitar, mas sempre pensando no que for melhor para você! Novamente, te desejo melhoras pela perda!

    Beijão, Guta!
    www.opinada.com

    ResponderExcluir
  10. Estou com esse mesmo sentimento, sabe?
    Sou bem magrinha, meu corpo é ok, mas isso não muda o fato de que cuido ZERO da minha saúde. Há dias em que eu só bebo café, não dá tempo nem de almoçar direito. Ou simplesmente não bate a vontade de comer, sabe?
    Uma das minhas metas para 2015 é cuidar mais da minha saúde...

    Beijos,
    www.heroinasmodernas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu to com tempo de sobra e acabo comendo um monte =(

      Excluir
  11. Quando alguém jovem morre eu fico achando que o mundo está mundo errado, parece até que girou ao contrário. Meus sentimentos, amiga.

    Seu post faz todo sentido. Eu nunca fui magra. Me considero normal, porém mais pra cheinha. Minhas taxas nunca apresentaram nenhum risco pra mim, porém ano passado ficar muito tempo parada começou a me incomodar. Eu estudo pra concursos públicos, então fico o dia todo sentada e comecei a sentir q meu corpo não estava respondendo legal.

    Esse ano, dia 5 de janeiro, comecei a fazer zumba. É uma boa atividade, porque é divertido, libera endorfina, vc dança, paga uns micos, dá umas risadas. Tem me feito superbem. Emagrecer deve ser consequência, mas meu foco é me mexer. Me sinto bem melhor agora. No dia que falto me sinto emplastrada, Faço questão de ir e tentar fazer as coisas, mesmo que pareça que não vou conseguir. Está sendo bom pra mim, vc podia tentar algo assim. Primeiramente por diversão, segundamente pra ajudar o corpo.

    AMO comer besteira também. Durante a semana me obrigo a comer salada de fds me entupo de gordice. Está sendo bom por enquanto HAHAHA mas cortei os doces, doce me infla. Prefiro salgado, mesmo.

    Beijo miga, espero ter ajudado.

    PS: as camisas do Star Wars vão ser presente???? HAHAHA

    http://www.canseidesernerd.com

    ResponderExcluir
  12. Concordo com absolutamente tudo que foi dito!
    É óbvio que temos que nos aceitar, nos amar... mas colocando a saúde em primeiro lugar.
    Eu estou alguns quilinhos acima do peso, e confesso que sou super sedentária. Vou começar a praticar mais exercícios e diminuir o peso, mas não (só) por estética e sim por amor à minha saúde.

    Beijos, Fran Canone.♥

    ResponderExcluir
  13. é complicado pq as pessoas ao redor julgam pensando na estética
    raro alguém chegar e incentivar visando os benefícios que uma alimentação bacana e atividades podem trazer praquela pessoa...

    meus pêsames pela perda !

    Beeijo meu*
    www.cosmacticos.com | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
  14. É sempre um choque quando a gente vê alguém do nosso círculo de amigos, que é novo, morrer tão cedo. É muito triste.

    Tô aqui tentando encontrar um equilibro entre ser saudável (mas comer besteiras as vezes, pq né?), pensando no melhor pra mim em um geral (saúde e corpo). Espero encontrar, haha. Beijos.

    ResponderExcluir
  15. Meus pêsames pelo seu amigo é muito ruim quando vemos alguém morrer tão jovem.
    Você tem que se amar muito é sempre assim sabe não é nada fácil amar a gente mesmo ninguém nasce com auto estima alta tem que ser criar aos poucos. Amei seu texto e concordo com muita coisa que voce escreveu
    http://descrevendonuvens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Sabe o que é essa coisa de " se ame do jeito que você é " é que tipo assim se você tiver o dobro do seu peso atual , mas você se sentir bem com isso , se vc se ama mesmo , você n tem que se importa com o resto . Isso é o que as pessoas falam . É claro que elas esquecem o qual perigoso é ser magra de mais ou gorda .
    www.ourblackpen.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. É bem assim mesmo, Cintia.
    Por muito tempo achamos que ser saudável e ter aquele corpo Sequinho, com tudo em cima. Mas não é assim que devemos pensar.
    É importante que as pessoas mudem a forma de pensar, assim como você fez.
    Ser saudável é aceitar o próprio corpo e ser feliz fazendo o que te dá prazer.

    Beijo

    ResponderExcluir

Todos os comentários que desrespeitarem as regras a seguir poderão ser desaprovados:
• Agressões verbais despropositadas.
• Ataques verbais ou ameaças.
• Propaganda despropositadas.
• Derivação excessiva do tema do artigo